sexta-feira, 28 de maio de 2010

DESEJANDO-TE.


Ingrata insônia
Fazendo-me revirar na cama
Procurando-te.
Ingratos pensamentos
Cheios de loucuras
Carregados de ais.
Ingrato você.
Que faz esse reboliço
Nos meus sonhos
Levando-me
Pro seu mundo
Desejando-te
Cada vez mais !
ManyPallo

Um comentário:

Luiz disse...

Adoro esta. Muito boa, a exemplo de tudo que escreves. Mereceu uma resposta ... rsrsrs. Parabéns minha poetisa.