segunda-feira, 29 de novembro de 2010

SUPREMA LIBERDADE


Fui serenar a alma
Perder-me,
Na trajetória da minha órbita.

Filtrar as esperanças,
Sem vergar o passado.
Ser vidraça da minha fé.

Fui sonhar sem dormir.
Ser dona das minhas magias.
A leveza de um colibri
Fui ser feliz...........

ManyPallo
Código TD643688

2 comentários:

Barthes disse...

Ser feliz é só o que vale a pena,em meio a tantas coisas amenas.(e não tenho a alma pequena)Bjosss.

Manypallo disse...

Barthes, obrigada por estar presente
Beijos na alma.