segunda-feira, 5 de julho de 2010

SOLUÇOS DE DOR.




Ando com os olhos
Soluçando ao vento.
Diante
Um cintilar de prata
Da lua .
Deixando -me
Cair em meiguice
Com sua melodia branca
Meus soluços de dor.



ManyPallo


3 comentários:

Barthes disse...

Soluçando ao vento quando for o tempo,mas também,se banhar na luz da lua,para aprender alguma canção que a um soluço não seja idêntico.Bjosss...ManyPallo.

Manypallo disse...

Barthes,obrigada meu querido
Seu carinho me faz muito bem.

Te beijo a alma!!

Tânia Camargo disse...

Que lindo ManyPallo!
Quanto sentimento guardados nessas palavras...
Maravilhoso poetar, querida!
Bjsss,