quarta-feira, 20 de julho de 2011

TEUS OLHOS.

Ah! teus olhos.

Verde esperança.
Sublime essência de almíscar.
Esvoaçando no meu corpo,
Como afagos de luar.
Ah! seus olhos...
Os olhos teus!


ManyPallo

Um comentário:

Barthes disse...

"Teus olhos em mim acendem mudas chamas,não interrogam,sabem quem ti ama."Barthes.
Grato pelos belos versos ManyPallo.